Over-tunes
Por alguns trocados, só coisas de qualidade!

Valsa com Bashir

Categoria: , , , , , , , por default - quinta-feira, maio 28, 2009

Semana passada fui assistir "W", de Oliver Stone, filme baseado na vida e obra (obra?) de George W. Bush. O filme não me surpreendeu muito. Bush foi retratado de uma maneira que parece ser um pouco distante da real. Para resumir, o filme dá uma idéia de um protagonista ingênuo, ansioso pela aprovação do pai e na maior parte do tempo manipulado como fantoche por outros integrantes do governo, como Condoleeza Rice, Dick Cheney e Donald Rumsfeld. Nas horas em que isto é retratado há a impressão de que nem tudo está perdido, devido à ótima atuação de Richard Dreyfuss (fazendo um Dick Cheney praticamente idêntico), entre outros.

Mas o motivo deste post é outro. "W" com certeza foi uma decepção, mas durante o trailer, uma animação me chamou a atenção. Desde "O Homem Duplo" eu já era fã de filmes que utilizam a rotoscopia, técnica em que as cenas passam por um efeito gráfico de modo a parecerem animação, e à primeira vista, "Valsa Com Bashir" (2008) também era um exemplo disso. Mas tal semelhança se revelou fruto da perfeição com que as cenas foram desenhadas. Dá uma olhada.


SINOPSE

O filme conta a história de um soldado israelense que participou da invasão do Líbano, no final da década de 1980. A narrativa se apresenta em forma de relatos do protagonista ao diretor Ari Folman. Tudo isto numa mesa de bar, a partir de uma conversa que começa com o solado contando sobre um pesadelo no qual é perseguido por uma furiosa matilha de 26 cães. Nesta amostra de 1:45 minutos do filme já dá para notar o uso extenso de recursos visuais incríveis, cenas fortes e uma edição esperta. Se quiser, você pode conferir todo o resto 1. aqui, e 2. aqui. De nada.

O filme ganhou o Golden Globe de melhor filme estrangeiro e foi indicado para vários outros prêmios cinematográficos, entre eles, Cannes.
 

1 comment so far.

  1. Michele 28 de maio de 2009 22:40
    Nossa, esse pedacinho já me deixou com mais vontade ainda de ver esse filme...

Something to say?